VOLTAIRE DISSE: NÃO HAVERÁ MAIS CRISTÃOS, SERÁ?

By on junho 23, 2014

VOLTAIRE DISSE: NÃO HAVERÁ MAIS CRISTÃOS, SERÁ?

“Cem anos depois de minha morte não haverá mais cristãos, não haverá mais Bíblias, não haverá mais a Palavra de Deus, e desaparecerá definitivamente toda memória de Cristo e seus ensinamentos…” disse Voltaire, filósofo francês há quase duzentos e cinquenta anos atrás

Voltaire, o famoso filósofo francês, ateu declarado (seguidor de Aristóteles) e crítico do Cristianismo, morreu em 1778. Antes de morrer, Voltaire afirmou que, com o desenvolvimento das ciências, a Bíblia e a fé cristã não teriam qualquer aceitação daí a cem anos. Que não haveria nenhuma Bíblia na terra senão nas prateleiras, vitrinas e amostras de museus, para ser investigada (procurada) por algum curioso em antiguidades, passando à história.

Mas aconteceu que quem passou à história foi Voltaire, visto que a circulação da Bíblia continua a aumentar em quase todas as partes do mundo, levando bênçãos aonde quer que vá. No centésimo aniversário dessa afirmação, a Sociedade Bíblica de Genebra comprou a editora e a casa que tinham pertencido a Voltaire, transformando-as num enorme depósito de distribuição e de impressão de Bíblias! Mais tarde aquela mesma casa tornou-se a sede da filial de Paris, da Sociedade Bíblica Britânica e Internacional, a qual distribui Bíblias em toda a Europa!

Que ironia da história! Alguém já expressou com muita propriedade “É mais fácil empregar os nossos esforços para interromper a trajetória do sol, do que tentar interromper a circulação da Bíblia”. Voltaire não conhecia a Bíblia, pois ela diz: “Passará o céu e a terra, mas as minhas palavras jamais passarão” Mateus 24:35

Duzentos e seis anos depois de Voltaire, o presidente dos Estados Unidos viria a declarar o ano de 1983 “O Ano da Bíblia”. O que teria levado o presidente da nação mais poderosa da Terra a proclamar a Bíblia como a principal fonte do conhecimento humano?

Foi também curiosa a atitude de Voltaire que nunca queria arrendar as suas terras, senão a rendeiros cristãos, porque segundo afirmava, os rendeiros cristãos eram honestos nas suas contas. Sem comentários!!!!

Milhões de pessoas ainda procuram uma fonte fidedigna de autoridade. Descobriram que não podem confiar em tratados entre nações, nem nas declarações dos cientistas; mesmo os grandes líderes religiosos estão frequentemente errados.

A Bíblia – a Palavra de Deus – é a única autoridade definitiva que possuímos. Comprovada ao longo de séculos, a Bíblia derrama luz sobre a natureza humana, sobre os problemas da humanidade e o sofrimento que aflige o homem. Além disso, ela revela claramente o caminho para Deus. A Bíblia é Deus a revelar-se à humanidade.

Billy Graham tem razão ao afirmar, em relação à Bíblia:

“A Bíblia é um livro antigo e, no entanto, é sempre nova. É o livro mais moderno do mundo. Existe, em geral, uma ideia errada de que um livro tão antigo como a Bíblia não pode falar às necessidades do homem moderno. Por alguma razão os homens pensam que, numa era de realizações científicas, em que o conhecimento alcançado em 25 anos é superior ao que se alcançou ao longo de todos os séculos da história da Humanidade, este Livro tão antigo tem que estar desatualizado e ultrapassado. No entanto, para todos os que a lêem e a amam, a Bíblia é extremamente relevante para a nossa geração. É nas Escrituras Sagradas que encontramos as respostas para as perguntas fundamentais da vida: De onde vim eu? Porque estou aqui? Para onde vou? Qual é o propósito da minha existência?”

A Bíblia é a revelação escrita, que Deus nos deixou, da Sua vontade em relação ao homem e ao universo – em especial sobre o Filho de Deus, Jesus Cristo. […] A mensagem central da Bíblia é a cruz de Jesus Cristo. Cada livro da Bíblia ou aponta para o futuro, indicando a vinda de Jesus, ou aponta em retrospectiva para a sua obra redentora no Calvário.

“Assim diz o Senhor: Não se glorie o sábio na sua sabedoria, nem se glorie o forte na sua força; não se glorie o rico nas suas riquezas; mas o que se gloriar, glorie-se nisto: em entender, e em me conhecer, que eu sou o Senhor, que faço benevolência, juízo e justiça na terra; porque destas coisas me agrado, diz o Senhor.” Jeremias 9:23,24

FONTE: JESUS PRA MIM

About admin

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

UA-51184702-1